TOP 5 DAS CANÇÕES DOS ÓSCARES

Do tema do filme do “Lego” ao do filme “Selma”, conheça as canções originais em disputa pela estatueta dourada. Há quatro estrelas pop e o clássico Glen Campbell na corrida.

A categoria existe desde 1934 e a canção vencedora arrisca-se sempre a tornar-se um clássico instantâneo, como Let It Go, no ano passado. Ao longo das últimas décadas, os Óscares distinguiram músicas tão diferentes como Over the Rainbow ou Jai Ho, mas também houve anos em que não encontraram cinco canções que merecessem a nomeação. Este ano há cinco candidatas à estatueta dourada e o vencedor é anunciado a 22 de fevereiro, na cerimónia apresentada por Neil Patrick Harris.

 

1. Everything is Awesome, “The Lego Movie”

Everything is Awesome é o hino deste filme da Warner Bros, que ficou fora das nomeações na categoria de animação. A canção foi escrita por Shawn Peterson, e é interpretada pelas gémeas Tegan e Sara, canadianas.

 

 

2. Glory, do filme “Selma – A Marcha da Liberdade”

John Legend interpreta Glory, a canção escrita por John Stephens e Lonnie Lynn para o filme “Selma – A Marcha da Liberdade“, sobrea campanha de três meses de Martin Luther King de Selma a Montgomery, Alabama, em 1965, em defesa da igualdade de voto. A realização é de Ava DuVernay e tem a participação da apresentadora norte-americana Oprah Winfrey. Estreia-se nas salas nacionais no dia 5 de fevereiro.

 

 

3. Grateful, de “Beyond the Lights”

Grateful, interpretado por Rita Ora e escrita por Diana Warren, é uma dessas canções que corre o risco de ser mais popular do que o filme para o qual foi escrito, no caso “Beyond the Lights“,história de uma cantora pop de sucesso (a atriz Gugu Mbatha-Raw) que é salva por um polícia (o ator Nate Parker), do qual ainda só se conhece o trailer em Portugal (não há ainda data de estreia).

 

4. I’m Not Gonna Miss You , de “Glen Campbell: I’ll Be Me”

A descoberta de que sofria de Alzheimer levou o músico Glen Campbell numa última digressão pelos EUA, com três dos seus filhos na banda de apoio e o realizador James Keach na sua sombra. O último concerto foi em novembro de 2012, em Napa, Califórnia. É assim que nasce o documentário “Glen Campbell: I’ll be Me” onde foi usada a canção I’m Not Gonna Miss You, nomeada para o Óscar de melhor canção original, a última que foi escrita pelo próprio Glen Campbell, juntamente com Julian Raymond. Foi gravada em janeiro de 2013 e guardada para a estreia do filme nos EUA, em outubro de 2014.

 

5. Lost Stars, de “Begin Again”

Adam Levine interpreta Lost Stars, canção escrita por Gregg Alexander and Danielle Brisebois para o filme “Begin Again“, título original de “Num Outro Tom“, que estreou em Portugal em setembro de 2014, e tem Keira Knightley e Mark Ruffalo no elenco. Ela é uma cantora recém-chegada a Nova Iorque, ele um executivo da indústria musical caído em desgraça. O filme é apontado como uma espécie de sequela de Once, que levou o ÓScar para Melhor Canção em 2007.

 

 

Fonte: Diário de Notícias