ESTRANGEIROS COMPRARAM 10 MIL CASAS EM PORTUGAL NO ÚLTIMO ANO

Turismo residencial pode ser considerado o “petróleo de Portugal”, considera o presidente da Associação Portuguesa de Resorts. Pelo menos dez mil casas foram compradas no último ano em Portugal por cidadãos estrangeiros e só 1500 foram adquiridas ao abrigo do regime dos vistos dourados.

A informação foi avançada pelo presidente da Associação Portuguesa de Resorts, na Conferência sobre Turismo Residencial que decorreu, esta quarta-feira, em Cascais.

Em declarações à Renascença, Diogo Gaspar Ferreira desvaloriza, por isso, o caso judicial sobre os vistos “gold” e assume que gostaria que muitos mais estrangeiros ricos escolhessem Portugal para ter uma segunda habitação.

“Muitos países europeus e da América do Norte lançaram este sistema, que teve enormes resultados, trouxe uma recuperação ao setor imobiliário, que criou emprego, riqueza, recuperou empresas que estavam em enormes dificuldades. Só acho que peca por pouco termos ainda só conseguido 1500 ao abrigo dos vistos dourados.”

[Tweet “Para Gaspar Ferreira, o turismo residencial pode ser mesmo considerado o “petróleo de Portugal”, mas é preciso divulgar o país lá fora.”]

Defende , por isso, a união de esforços entre os diversos agentes do setor, como os revendedores de casas, os bancos que e os  promotores de casas novas. Todos juntos para dinamizar campanhas de promoção mais intensas.

Quanto à legislação existente – lei fiscal dos residentes não habituais e vistos “gold” para cidadãos de fora da União Europeia – Gaspar Ferreira considera que é “extraordinária” e cabe aos promotores aproveitá-la.

Até ao fim do ano, o setor do turismo residencial deverá facturar cerca de 1,4 mil milhões de euros, só em vendas diretas.

Fonte: Rádio Renascença