DAKAR 2015: PAULO GONÇALVES SOBE A SEGUNDO DA GERAL NAS MOTAS

A etapa foi ganha pelo chileno Pablo Quintanilla (KTM), em 8:16.19 horas, menos 11 segundos do que o espanhol Juan Pedrero (Yamaha) e 12 face ao eslovaco Stefan Svitko (KTM).

O motard português Paulo Gonçalves (Honda) subiu hoje à segunda posição da geral do rali Dakar de todo-o-terreno, atrás do espanhol Marc Coma (KTM), apesar de ter sido apenas 15.º na oitava etapa.

[Tweet “O motard português #PauloGonçalves #Honda subiu hoje à segunda posição da geral do rali #Dakar”]

Os agora dois primeiros da geral beneficiaram dos problemas com a moto do ex-líder, o espanhol Joan Barreda (Honda), que perdeu muito tempo logo no recomeço da segunda metade da etapa maratona, que ligou Uyuni, na Bolívia, e Iquique, no Chile.

Assim, Coma, que foi nono na especial de 784 quilómetros, passou a liderar a prova, com 9.39 minutos de avanço sobre Paulo Gonçalves.

A etapa foi ganha pelo chileno Pablo Quintanilla (KTM), em 8:16.19 horas, menos 11 segundos do que o espanhol Juan Pedrero (Yamaha) e 12 face ao eslovaco Stefan Svitko (KTM).

Ruben Faria foi o melhor português na tirada, na 10.ª posição, a 7.44 minutos do vencedor, num dia em que Hélder Rodrigues também teve problemas e apresentava um atraso de mais de três horas.

Na terça-feira, corre-se a nona especial, já com os carros novamente em acção, depois de um dia de descanso, com os concorrentes a terem uma especial de 451 quilómetros, entre Iquique e Calama, no Chile.

Fonte: iOnline